Há expectativa de redução adicional moderada nos juros, nota Ilan – Valor

BRASÍLIA  –  Há expectativa de redução adicional “moderada” do juro básico, disse o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn. Ele ponderou, contudo, que isso está sujeito à avaliação do cenário e dos fatores de risco, que demandam cautela da autoridade monetária.

Entre os pontos que exigem atenção, o dirigente do BC mencionou a questão das reformas, cuja frustração de expectativas pode afetar prêmios de risco e elevar a trajetória da inflação no horizonte relevante para a política monetária, que pode se agravar se houver mudança no cenário internacional.

Por outro lado, também há risco positivo, observou, decorrente de possíveis efeitos secundários do choque favorável nos preços de alimentos e da inflação de bens industriais em níveis correntes baixos, além da possível propagação, por mecanismos inerciais, do nível baixo de inflação, o que pode produzir trajetória prospectiva abaixo do esperado.

Nesse sentido, o presidente do BC afirmou que há possibilidade de a inflação ficar abaixo da meta, mas salientou que esse é um “risco bom”, por ser mais fácil de resolver.

Ilan disse que a política monetária está no campo estimulativo, com juro real abaixo de 3%, e indicou que a inflação deve continuar baixa em 2018, em torno de 4%, continuando dessa forma nos anos seguintes.

Sobre 2017, o dirigente da autoridade monetária espera inflação baixa, resultado da mudança de política econômica e da firmeza da política monetária e da queda de preços dos alimentos. 

Ele destacou que este ano foi “produtivo”, salientou que até novembro o IPCA estava em 2,8% e que o juro chegou à mínima histórica, com retomada do crescimento econômico.

Ilan notou que, sem alimentos, a inflação estaria no centro da meta, 4,5%, e que a queda do IPCA ocorre com a melhora nas expectativas de expansão da economia. Ele citou que os analistas esperam expansão de 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem, acima da taxa prevista para este ano, que deve ficar em torno de 1% de expansão.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!