Ibovespa recua 0,60% com bolsas de Nova Iorque e cautela com cenário doméstico – Jornal do Comércio

Depois de dois pregões consecutivos de ganhos, o Índice Bovespa perdeu fôlego nesta terça-feira (19), e fechou com baixa moderada, de 0,60%, aos 72.680,36 pontos. O viés negativo, que se estendeu por praticamente todo o pregão, refletiu a influência negativa das bolsas de Nova Iorque e um desconforto com o noticiário doméstico, que gerou temores de rebaixamento do rating brasileiro e aumento de impostos. O volume financeiro foi fraco, totalizando R$ 6,8 bilhões, bem abaixo da média diária de dezembro, de R$ 11,5 bilhões.

Um dos principais destaques do dia foi a repercussão da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski de suspender a medida provisória que adia pelo prazo de um ano os reajustes dos servidores públicos inicialmente previstos para 2018. A MP também aumenta a contribuição previdenciária dos servidores que ganham mais de R$ 5,5 mil. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o governo poderá ter de adotar “medidas compensatórias” caso prevaleça a decisão de Lewandowski. A suspensão da MP representa um impacto estimado em R$ 6,6 bilhões para os cofres públicos.

“É terrível (a decisão de suspender os efeitos da MP). Essas e outras atitudes, como a liberação dos excedentes da arrecadação, criam uma preocupação com o cumprimento da meta fiscal para 2018”, disse Pedro Galdi, analista da Magliano. “Se nada for feito, toda a evolução da economia que tivemos em 2017 será devolvida”, afirmou.

Entre as diversas declarações dadas nesta terça, Henrique Meirelles também admitiu que existe risco de o Brasil sofrer um novo rebaixamento pelas agências de classificação de risco antes de fevereiro, data marcada para a votação da reforma da Previdência. Segundo ele, o risco de rebaixamento é real. O ministro disse que vai conversar nesta quinta-feira com os representantes das agências de rating.

“O risco de rebaixamento e de aumento de impostos gerou mal estar no mercado e contribuiu para aprofundar as perdas do Ibovespa à tarde. Mas o sinal negativo veio mesmo da combinação entre as quedas em Nova Iorque e o desânimo geral entre os investidores com o cenário doméstico”, disse um operador.

Na análise por ações, as quedas mais significativas foram as do setor financeiro, que na segunda-feira haviam se destacado em alta. Banco do Brasil ON devolveu parte dos ganhos da véspera e terminou o dia em baixa de 0,58%, enquanto Itaú Unibanco PN perdeu 0,56%. As ações da Petrobras também sofreram correção e caíram 0,51% (ON) e 0,53% (PN), apesar da alta dos preços do petróleo. Já Vale ON ficou praticamente estável (+0,03%).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!