Sancionada com veto lei que altera diretrizes orçamentárias – Exame

Brasília – O presidente Michel Temer sancionou com um veto o projeto de lei nº 13, do Congresso Nacional, que altera a lei que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2017.

O projeto de lei inclui programações na seção de prioridades e metas e faz ainda alterações em dois artigos com o objetivo principal de viabilizar e agilizar a execução obrigatória de emendas de bancada estadual.

O artigo 2º foi vetado pelo presidente, conforme o texto da Lei 13.539, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 19.

O artigo incluía o Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos – Fundo Partidário entre as despesas que não serão objeto de limitação de empenho.

Na justificativa do veto, Temer esclarece que o dispositivo, “além de modificar a base de distribuição da limitação de empenho de todo o exercício, transforma uma despesa discricionária em despesa obrigatória, o que, ocorrendo durante o exercício financeiro, traz grave insegurança à gestão fiscal, em especial porque todos os atos do planejamento fiscal da União, nos termos exigidos pela LRF e pela LDO, já foram publicados e operacionalizados, razões pela qual impõe-se o veto ao mesmo.”

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!