Blairo Maggi diz que Carne Fraca não gerou prejuízos para o setor – Jornal do Comércio

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse ontem, em Brasília, que a Operação Carne Fraca, deflagrada em março de 2017, não gerou prejuízos para o setor já que as exportações devem crescer neste ano. “Crises muitas vezes são positivas”, afirmou ele a jornalistas. “Não podemos nem apontar prejuízos com Carne Fraca porque vamos terminar o ano com volumes maiores de exportação”, comentou. “Foi um grande susto, mas nos deu muitos alertas.”

Segundo Maggi, a Operação Carne Fraca levou o ministério a revisar procedimentos internos. A “grande desconfiança dos importadores” estava no serviço de fiscalização do País, disse.

Maggi voltou a afirmar que o bloqueio dos Estados Unidos à carne bovina in natura brasileira, anunciado em junho, não teve relação com a Operação Carne Fraca. Uma das alegações dos norte-americanos foi a presença de abscessos nos cortes enviados ao país. “Minha esperança era de que voltássemos (a exportar para os EUA) ainda em dezembro, mas não foi possível”, disse. O ministro diz acreditar que a retomada aconteça nos primeiros meses de 2018.

Em relação ao bloqueio anunciado pela Rússia no fim de novembro às carnes brasileiras, o ministro disse que as negociações estão em curso e que o mercado deve ser retomado até fevereiro.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!