Coinbase Investiga Alegação de Insider Trading com Lançamento do Bitcoin Cash – Portal do Bitcoin

Em 20 de dezembro, funcionários da Coinbase foram acusados ​​por muitos membros da comunidade bitcoin de insider trading.

Entre os muitos críticos, George Kikvadze, vice-presidente da Bitfury, descreveu o aumento súbito do preço do Bitcoin Cash (BCH) antes da integração do BCH pela Coinbase como um “movimento muito sombrio”.

Kikvadze disse:

“Coinbase e GDAX: MOVIMENTAÇÃO MUITO OBSCURA. O mercado antecipa o lançamento do Bitcoin Cash em 1º de janeiro de 2018. O Bitcoin Cash tem uma alta massiva devido ao conhecimento interno (nenhum outro nome para isso) antes [da listagem do Bitcoin Cash pela GDAX]. GDAX inicia negociação do Bitcoin Cash 2 semanas antes do 1 de janeiro. Algo muito errado aconteceu. “

No entanto, no passado, o preço do Bitcoin Cash aumentou massivamente em vários casos, o que foi inesperado pelo mercado e pelos investidores. Em 10 de novembro, o preço do Bitcoin Cash aumentou abruptamente em quase 40%, quando o preço do bitcoin diminuiu de quase US$ 8 mil para menos de US$ 7,000.

Por isso, não tem-se certeza se o aumento no preço do Bitcoin Cash foi causado por funcionários da Coinbase ou por investidores familiarizados com a integração do Bitcoin Cash pela GDAX.

O CEO da Coinbase responde

Brian Armstrong, CEO da Coinbase e GDAX, afirmou:

“Hoje, anunciamos suporte para o Bitcoin Cash (BCH). Parece que o preço do Bitcoin Cash em outras bolsas aumentou nas horas anteriores ao nosso anúncio. Enquanto os preços da moeda digital flutuam bastante e não temos nenhuma indicação de qualquer irregularidade neste momento, queria compartilhar alguns pensamentos com nossos clientes”.

Armstrong acrescentou que, durante muitos anos, a Coinbase possui uma política que impede que funcionários, famílias e amigos negociem criptomoedas com base em informações não públicas. Se um funcionário ou um indivíduo iniciar um insider trading com base nas informações confidenciais da exchange, seria considerado ilegal. Ele enfatizou ainda:

“Temos tido uma política de negociação em vigor há algum tempo na Coinbase. A política proíbe os empregados e os contratados de negociar baseados em “informações não públicas relevantes”, como quando um novo ativo será adicionado à nossa plataforma. Além das restrições comerciais, proíbe a comunicação de informações não públicas relevantes fora da empresa. Isso inclui amigos e familiares”.

Para seus investidores, usuários e a comunidade de criptomoedas, Armstrong afirmou que a empresa lançará uma investigação completa sobre a questão e se a iniciativa foi iniciada com base nos planos do GDAX para integrar o Bitcoin Cash. Armstrong afirmou firmemente que a empresa não hesitará em rescindir os contratos e buscar ações legais contra empregados que negociaram com base em conhecimentos internos.

“Dado o aumento de preços nas horas que antecederam o anúncio, estaremos conduzindo uma investigação sobre este assunto. Se encontrarmos provas de qualquer empregado ou contratante que viole nossas políticas – direta ou indiretamente – eu não hesitarei em rescindir o empregado imediatamente e tomar as ações legais apropriadas”.

Leia Também: Governo dos EUA Venderá US$ 10 Milhões em Bitcoin e Bitcoin Cash Apreendidos

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!