Conta de luz da CEEE vai subir cerca de 30% em dezembro – Jornal do Comércio

O aumento vai ser de 29,3% para consumidores residenciais, e mais de 33% para industriais

MARCO QUINTANA/JC

Adiado há quase um mês, o aumento da tarifa de energia para clientes da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) foi autorizado nesta terça-feira (19) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O reajuste será de cerca de 30,62% e deve entrar em vigor nesta quinta-feira (21), quando deve ser publicado no Diário Oficial da União (DOU). 

Para consumidores residenciais, o aumento será de 29,33% de uma só vez. Para a alta tensão (industriais), será de 33,54%. Já os comerciais dependerão de como são classificadas – se baixa ou alta tensão. O adiamento havia ocorrido devido à inadimplência da estatal de cerca de R$ 600 milhões com a energia proveniente de Itaipu, com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). A diretoria da CEEE-D resolveu as pendências e recolocou o pedido de aumento na Aneel, que homologou o pleito.

Na votação, que é transmitida pela internet em tempo real, alguns conselheiros chegaram a comentar que o percentual era elevado, mas reconheceram que estava de acordo com o que foi repassado a outras concessionárias em períodos anteriores.

Nota técnica da Aneel explicou que o aumento é devido à “retirada dos componentes financeiros considerados no reajuste tarifário anual de 2016”. Somam-se a isso fatores como os custos de geração e transporte de energia, que fazem com que o incremento das contas de luz da CEEE-D chegue a um patamar tão alto neste ano.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!