Detran RS alerta para calendário do IPVA e licenciamento – Jornal do Comércio

A Portaria nº 601-2017, publicada pelo Detran RS, estabelece o calendário para o licenciamento anual do exercício de 2018, dos veículos registrados no Rio Grande do Sul. Assim como nos últimos dois anos, com a antecipação, as datas de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) não vão coincidir com o calendário de licenciamento. O IPVA deve ser pago até abril, mas a validade do licenciamento varia conforme a placa: 30 de abril para finais 1, 2 e 3; 31 de maio para finais 4, 5 e 6; 30 de junho para finais 7 e 8; e 31 de julho para finais 9 e 0.

O licenciamento do veículo é composto por três itens: IPVA, seguro obrigatório Dpvat e taxa de expedição do documento. Somente após a quitação desses três valores e de eventuais multas vencidas o veículo estará licenciado para o exercício 2018 e será emitido o documento de licenciamento (CRLV).

O IPVA, imposto estadual recolhido pela Secretaria da Fazenda (Sefaz), teve os valores divulgados no dia 12 e está disponível para pagamento desde o dia 13. A taxa de expedição do documento é recolhida pelo Detran RS para cobrir os custos de impressão e envio do novo documento. Os valores do seguro obrigatório, administrado pela Seguradora Líder, estarão liberados para pagamento no dia 26. A partir dessa data será possível pagar todos os encargos conjuntamente. Os valores que compõem o licenciamento podem ser consultados no site do Detran RS, no link Consulta de veículos.

Após o pagamento da taxa, seguro Dpvat e demais encargos legais que compõem o licenciamento anual, mais as eventuais multas vencidas, o documento é enviado por Sedex para o endereço que consta nos registros do Detran RS. Por isso, é importante manter o cadastro atualizado.

Em Porto Alegre, após três tentativas de entrega sem sucesso por parte dos Correios, o documento permanecerá 15 dias na unidade de centralização da ECT do bairro do condutor. Vencido esse prazo, o documento deverá ser retirado na rua Siqueira Campos, 1.100. No Interior e na Grande Porto Alegre, após três tentativas de entrega sem sucesso, o documento permanecerá na unidade de centralização do Correio do município do motorista.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!