Enel se compromete a investir US$1 bi no Brasil com novos parques – Exame

Companhia conseguiu assegurar a construção de três projetos eólicos, com uma capacidade instalada somada de 618 MW

Por Luciana Collet, do Estadão Conteúdo

access_time 20 dez 2017, 17h23

São Paulo – Depois de viabilizar a contratação de um parque solar no Piauí na última segunda-feira, 18, ao conquistar contratos de fornecimento de energia no leilão A-4, nesta quarta-feira, 20, a Enel Green Power Brasil conseguiu assegurar a construção de três projetos eólicos, com uma capacidade instalada somada de 618 MW.

Juntos, esses projetos somam mais de 1 GW e vão exigir investimentos de cerca de US$ 1 bilhão, informou a empresa.

“As duas vitórias desta semana no Brasil nos dão um bom impulso para começar 2018”, disse em nota o responsável pela Enel Green Power, Antonio Cammisecra, destacando que neste ano a companhia já concluiu a construção de quase 1 GW de unidades eólicas e solares.

“A nova capacidadeconquistada esta semana nos permitirá aumentar consideravelmente nossa atual presença em renováveis no País, reforçando a nossa liderança nesse mercado”, completou.

Os projetos eólicos, que serão construídos nos Estados do Piauí e Bahia, devem entrar em operação no início de 2023. O parque eólico Lagoa do Barro (510 MW) será construído nas cidades de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio, no Estado do Piauí.

Já o parque Morro do Chapéu II (78 MW), uma extensão do parque eólico Morro do Chapéu Sul (172 MW), será construído no município de Morro do Chapéu, na Bahia.

Por fim, a companhia também assegurou a extensão de 30 MW do parque eólico Delfina (180 MW), em Campo Formoso, também na Bahia.

Atualmente, a Enel tem uma capacidade instalada total em renováveis no Brasil de cerca de 2.660 MW, dos quais 670 MW de energia eólica, 716 MW de energia solar e 1.270 MW de energia hidrelétrica. Além disso, está construindo cerca de 172 MW de capacidade eólica e 103 MW de capacidade solar.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!