Juros futuros longos recuam na véspera de IPCA-15 e RTI – Valor

SÃO PAULO  –  As taxas de DI de prazos mais longos experimentaram firme baixa nesta quarta-feira, dia com noticiário doméstico mais ativo, embora a reforma da Previdência siga como fator de incerteza. É importante lembrar também que os trechos mais longos há tempos têm mostrado aumento de prêmio, que para vários analistas de mercado está excessivo.

A queda dos DIs longos ocorre na véspera da divulgação do IPCA-15 de dezembro do último RTI do ano – cujo texto se espera que reitere expectativa de corte de 0,25 ponto percentual da Selic em fevereiro.

O governo anunciou que fará no começo do ano contingenciamento do Orçamento, uma forma de minimizar impactos negativos de aumentos contratados de gastos – como o reajuste de salários de servidores públicos, MP cujo adiamento foi revogado por liminar do ministro do STF Ricardo Lewandowski.

O contingenciamento é uma maneira de o governo sinalizar ao mercado financeiro comprometimento com o reequilíbrio das contas públicas, num momento de ruídos sobre o ajuste fiscal.

Declarações do presidente Michel Temer de que “jamais vamos desistir da Previdência” e a melhora da aprovação do governo em pesquisa CNI/Ibope também foram pontos citados como pano de fundo para a melhora do mercado.

Ao fim do pregão regular, às 16h, o DI janeiro/2019 caía 2 pontos-base em relação ao ajuste anterior, para 6,900% ao ano.

O DI janeiro/2020 cedia 10 pontos-base, para 8,180%.

O DI janeiro/2021 recuava 12 pontos-base, para 9,240%.

E o DI janeiro/2023 retrocedia 14 pontos-base, para 10,230%.

A Selic média projetada na curva de DI para o primeiro trimestre de 2019 – primeiros três meses do governo a ser eleito em 2018 – caiu 14 pontos-base, para 8,31% ao ano.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!