São José Industrial faz investimento de R$ 50 milhões no Noroeste gaúcho – Jornal do Comércio

A empresa São José Industrial investiu R$ 50 milhões na nova unidade em São José do Inhacorá, na Região Noroeste, que unifica as três fábricas existentes no município e triplica a capacidade de produção. Do total investido, R$ 25 milhões foram financiados pelo BRDE. Com a ampliação, serão criados 80 empregos diretos.

A nova planta da empresa de equipamentos e implementos agrícolas, de 23 mil metros quadrados de área construída, fica às margens da BR-472, entre Três de Maio e Boa Vista do Buricá, e será inaugurada no dia 26 de janeiro. O convite foi entregue pelo diretor executivo da São José Industrial, Geraldo Recktenwald, ao governador José Ivo Sartori ontem, em encontro no Palácio Piratini.

“É muito importante essa centralização para termos um custo de produção menor, controle maior e aumento do nosso mix de produtos. Além de ser um marco para a empresa, a ampliação gera impacto positivo para a região, pois vamos gerar empregos e movimentar todos os segmentos da nossa economia local”, afirmou Recktenwald.

O diretor disse ainda que a ampliação foi viabilizada e concretizada neste governo. O projeto foi acompanhado pela Sala do Investidor, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect). O prefeito de São José do Inhacorá, Gilberto Hammes, afirmou que o projeto da São José Industrial é muito importante para a cidade, voltada para a agricultura e com 2,3 mil habitantes. “Praticamente 10% da população trabalha nesta empresa. São 30% do retorno do ICMS ao município que vem das atividades da São José Industrial”, contextualizou Hammes.

Fundada em 1993, a São José Industrial produz arados subsoladores, carretas agrícolas, conchas carregadeiras, perfuradores de solo e roçadeiras. Participa das maiores feiras nacionais de agronegócio e destaca-se nas linhas de distribuidores de adubo orgânico, plataformas, roçadeiras, trituradores, ensiladeiras, toldos e guincho para tratores.

A empresa comercializa seus produtos para os três estados da região Sul, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Bahia. O foco são clientes pequenos e médios produtores e cooperativas.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!