Custo menor não ameniza perdas nos preços recebidos pelo produtor – Jornal do Comércio

Os custos de produção registraram deflação ao longo de 2017. O Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP) indica retração no acumulado do ano (-3,83%) e nos últimos 12 meses (-3,08%). Entretanto os valores pagos no campo estão muito mais baixos, afetando diretamente a lucratividade do produtor. No índice de Preços Recebidos (IIPR), o valor acumulado no ano é -16,40% e, nos últimos 12 meses, -12,99%. Os dados foram disponibilizados pela Farsul.

Apesar da valorização da soja (3,7%) e do milho (3,2%) na comparação entre os meses de outubro e novembro, o IIPR se manteve em deflação, com -1,95%. Arroz (-0,09%) e trigo (-0,7%) foram os principais ofensores do indicador. Já os preços dos herbicidas e fertilizantes foram responsáveis pelo aumento de 1,14% no IICP do mesmo período.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!