Opep discute fim do pacto de corte de produção, dizem fontes – Exame

São Paulo – A Opep iniciou os trabalhos para uma saída estratégica de seu pacto junto a países não membros para cortar a oferta de petróleo, disseram duas fontes do cartel, em um sinal de que um eventual encerramento do acordo está chegando ao radar dos produtores, pelo menos em teoria.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, a Rússia e outros produtores não integrantes da Opep concordaram em 30 de novembro em estender o acordo de redução de produção até o fim de 2018.

Mas o mercado está cada vez mais interessado sobre como os produtores vão sair do pacto assim que o excesso de oferta for eliminado.

Duas fontes da Opep disseram que o secretariado do grupo em Viena foi encarregado de trabalhar em um plano com diferentes opções, embora seja muito cedo para dizer como ele seria.

“É uma estratégia de continuidade, em vez de sair”, disse uma das fontes da Opep.

Os preços do petróleo subiram neste ano e estão sendo negociados perto de 64 dólares por barril, perto do nível mais alto desde 2015, sustentados pelo esforço liderado pela Opep.

Esse patamar está acima do piso de 60 dólares por barril que as fontes dizem que a Opep gostaria de ver em 2018.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!