RS assina protocolo para aderir ao Regime de Recuperação Fiscal – Exame

O Estado do Rio Grande do Sul assinou um protocolo de acordo para adesão ao Regime de Recuperação Fiscal com o governo federal, em meio à intensa crise fiscal que tem atrasado o pagamento dos salários do funcionalismo local.

Segundo nota da Advocacia-Geral da União (AGU), o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, assinou o acordo com o presidente Michel Temer, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na quarta-feira.

“O protocolo prevê que o Estado deve demonstrar que se enquadra nos requisitos para habilitação ao Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e Distrito Federal (Lei Complementar nº 159/2017)”, trouxe a nota da AGU.

Assim, o pedido de adesão ao regime será apresentado ao Tesouro Nacional junto com o plano de recuperação “com diagnóstico em que seja reconhecida a situação de desequilíbrio e o detalhamento das medidas de ajuste, impactos e prazo para sua adoção”.

O Estado do Rio de Janeiro já aderiu ao Regime de Recuperação Fiscal e conseguiu recentemente fechar um empréstimo junto ao banco BNP Paribas de quase 3 bilhões de reais para acertar o pagamento de salários atrasados.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!