Confiança do consumidor no Brasil cai em dezembro, diz FGV – Exame

Queda no indicador medido pela FGv interrompeu três meses seguidos de melhora

Por Patrícia Duarte, da Reuters

access_time 22 dez 2017, 08h33

São Paulo – A confiança do consumidor brasileiro recuou em dezembro por conta da menor satisfação com a situação atual, interrompendo três meses seguidos de melhora, mas acabou fechando 2017 com saldo mais positivo do que nos dois anos anteriores, marcados pela forte recessão que afetou o país.

No último mês do ano, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 0,4 ponto sobre novembro e chegou a 86,4 pontos, informou nesta sexta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

“O saldo da confiança do consumidor acumulada no ano de 2017 foi positivo”, afirmou a coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt, em nota.

“Os consumidores continuam melhorando suas avaliações e projeções sobre a economia, mas o nível de endividamento das famílias, e principalmente das de menor poder aquisitivo, leva à cautela nos gastos com bens de alto valor, atuando como um fator limitativo ao consumo”, acrescentou ela.

O Índice de Situação Atual (ISA) caiu 0,7 ponto, para 73,8 pontos, interrompendo a sequência de quatro altas consecutivas. O Índice de Expectativas (IE) recuou 0,3 ponto para 95,7 pontos, mesmo nível de março deste ano.

Segundo a FGV, as perspectivas para a situação econômica nos próximos seis meses ficaram mais otimistas, com alta de 3,4 pontos, para 116,7 pontos, o maior nível da série histórica.

A economia brasileira vem apresentando melhora gradual, tendo como base inflação e juros baixos e retomada do mercado de trabalho.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!