Bolsas da Europa fecham em baixa, pressionadas por eleição na Catalunha – Jornal do Comércio

As bolsas da Europa encerraram o dia em queda, influenciadas por Madri, que caiu 1,19%, para 10.182,00 pontos, em resposta ao resultado da eleição na Catalunha. Os partidos independentistas conseguiram a maioria no Parlamento, o que gerou desconforto nos mercados.

Em um dia de baixa liquidez devido ao feriado de Natal na próxima semana, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,10%, aos 390,28 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX baixou 0,28%, para 13.072,79 pontos; o CAC-40, da bolsa de Paris, teve retração de 0,39%, aos 5.364,72 pontos; o FTSE-MIB, de Milão, caiu 0,14%, para 22.209,05 pontos, e o PSI-20, de Lisboa, cedeu 0,24%, para 5.383,33 pontos. Londres, que fechou mais cedo, teve queda de 0,15%, aos 7.592,66 pontos.

O resultado da eleição na Catalunha deve pesar sobre os mercados apenas no curto prazo, e “não será uma questão” para os investidores no longo prazo, segundo avaliação do Commerzank. Analistas do banco apontaram que a questão da independência da Catalunha perdeu o senso de urgência e, no futuro, os investidores devem voltar o foco para as perspectivas sólidas da economia da Espanha.

Ainda que o resultado da eleição represente uma derrota para o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, o Nordea afirma que o impacto nos mercados deverá ser limitado, já que, em sua avaliação, uma declaração unilateral de independência não deve ocorrer novamente. Há, porém, a expectativa de negociações “longas e difíceis” para a formação de um novo governo regional.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!