Bolsas de Nova Iorque fecham em queda com setor financeiro e de tecnologia – Jornal do Comércio

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em queda, nesta terça-feira (26), pressionadas pelo mau desempenho dos papéis de tecnologia e de companhias financeiras.

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,03%, aos 24.746,21 pontos; o S&P 500 caiu 0,11%, para 2.680,50 pontos; e o Nasdaq recuou 0,34%, para 6.936,25 pontos.

O declínio das ações da Apple e de algumas companhias fornecedoras puxaram para baixo outras empresas. Isso ofuscou os ganhos de companhias de energia e de varejistas, que foram impulsionados por dados mostrando aumento dos gastos no Natal.

Ainda assim, os índices estão perto das máximas históricas, ajudados por vários resultados corporativos positivos e pela expansão econômica constante nos EUA e no mundo neste ano.

A Apple viu suas ações recuarem 2,5% após relatos de que a companhia está considerando cortar suas estimativas de vendas para o primeiro trimestre, de acordo com analistas. Com isso, várias empresas que fornecem materiais para a Apple caíram, como a Broadcom (-1,6%) e a Skyworks Solutions (-2%).

As ações financeiras também tiveram um mau desempenho, acompanhando o recuo dos rendimentos dos títulos da dívida americana. O Goldman Sachs viu suas ações caírem 0,7% e o J. P. Morgan perdeu 0,6%.

Já as ações de varejistas foram impulsionadas por dados que sugerem que as vendas no varejo dos EUA, durante o período de feriados, avançaram no ritmo mais rápido desde 2011. A Kohl’s ganhou 5,5% e a Macy’s subiu 4,7%.

O setor de energia do S&P 500 ganhou 0,8%, com apoio do avanço dos preços do petróleo, em meio a interrupção do fornecimento da commodity na Líbia. A ExxonMobil ganhou 0,01% e a Chevron subiu 0,80%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!