Bolsas asiáticas sobem majoritariamente, mas chinesas são exceção – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira, mas as chinesas foram exceção e retomaram o tom negativo do começo da semana.

Em Tóquio, o Nikkei apresentou leve ganho de 0,08% e terminou o dia a 22.911,21 pontos, sustentado por papéis das áreas de petróleo e de metais básicos, cujos preços saltaram ontem. O volume de negócios na capital japonesa, porém, foi o mais fraco do ano e envolveu apenas 981 milhões de ações.

Já na China, o Xangai Composto teve queda de 0,92%, a 3.275,78 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,70%, a 1.878,80 pontos, ambos revertendo ganhos do pregão anterior. A fraqueza ocorreu principalmente na segunda metade dos negócios e se deveu ao mau desempenho de seguradoras e empresas de tecnologia, saúde e do setor financeiro.

No fim da noite de ontem, Pequim divulgou que o lucro industrial chinês subiu 14,9% em novembro ante igual mês do ano passado, desacelerando significativamente ante o avanço de 25,1% observado em outubro.

Em Seul, o sul-coreano Kospi avançou 0,38%, a 2.436,67 pontos, impulsionado por seu maior componente, a Samsung Electronics (+2,4%).

Em outras partes da Ásia, o Taiex subiu 0,62% em Taiwan, ajudado em parte por ações de bancos, enquanto o Hang Seng mostrou ligeira alta de 0,07% em Hong Kong, a 29.597,66 pontos, e o filipino PSEi teve valorização de 0,69% em Manila, a 8.490,91 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou praticamente estável, depois de atingir novas máxima intraday durante a sessão. Sem variação porcentual mensurável, o S&P/ASX 200 teve alta de apenas 0,20 ponto em Sydney, a 6.069,90 pontos, apesar de ganhos em ações de petrolíferas e mineradoras. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!