China permitirá entrada sem visto para visitas de até 6 dias – Exame

Pequim – As cidades de Pequim e Tianjin, junto com a província vizinha, Hebei, permitirão a partir de amanhã a visitantes de 53 países entrar nessa região sem necessidade de visto para períodos de permanência inferiores a 144 horas (seis dias), informou nesta quarta-feira o “Diário do Povo” na sua conta do Twitter.

Entre os 53 países da lista estão os da zona Schengen, além de Reino Unido, Brasil, Estados Unidos, México, Chile e Argentina, entre outros.

Pequim e Tianjin até agora permitiam a entrada sem visto para estadias de até 72 horas (três dias), como outros 16 aeroportos internacionais do país, incluindo os de Xangai, Cantão e Xian.

Com esta medida a China quer aumentar o número de visitas ao país.

A medida, que também facilitará a entrada por motivos de negócios, é um dos primeiros exemplos de coordenação entre Pequim, Tianjin e Hebei, uma região do norte da China que o Governo central quer converter num corredor econômico capaz de competir com os dois mais tradicionais do país nos deltas dos rios Yangtsé (com centro em Xangai) e das Pérolas (Cantão e Hong Kong).

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!