Membros do BC do Japão indicam redução de estímulo – Exame

Tóquio – As indústrias e varejistas do Japão registraram crescimento acima do esperado em novembro enquanto a ata da última reunião de política monetária do banco central mostrou que os membros levantaram a perspectiva de reduzir o estímulo.

Dados mostraram que as empresas japonesas preveem mais aumento da produção industrial em dezembro uma vez que a forte demanda internacional continua a sustentar a atividade e o crescimento econômico.

Alguns membros do Banco do Japão estão encorajando o debate sobre o aumento dos juros ou a redução das compras de fundos de índices (ETF, na sigla em inglês) em resposta à melhora do cenário, mostrou um resumo de opiniões expressadas na reunião da semana passada.

Se a expectativa é de que o cenário para os preços e a economia melhore, o banco central precisará avaliar se “ajustes no nível da taxa de juros serão necessários”, disse um membro da diretoria.

Outro membro afirmou que o Banco do Japão deveria avaliar os efeitos da política monetária e os possíveis efeitos colaterais das compras de ETFs de “todos os ângulos” devido ao aumento dos preços das ações e dos lucros.

O crescimento do Japão neste ano superou as expectativas de alguns economistas e seus mercados acionários avançaram devido ao aumento dos lucros corporativos, levando alguns operadores a se questionarem se o Banco do Japão deveria reduzir seu agressivo afrouxamento monetário.

A produção industrial do Japão cresceu 0,6 por cento em novembro contra projeção do mercado de 0,5 por cento e após avanço de 0,5 por cento em outubro.

Já as vendas no varejo avançaram 2,2 por cento em novembro sobre o ano anterior, contra expectativa de aumento de 1,2 por cento, mostraram dados do governo nesta quinta-feira.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!