Setor público tem déficit primário de R$ 909 milhões em novembro, revela BC – Jornal do Comércio

O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) voltou a fechar as contas no vermelho no mês passado. Após resultado positivo em outubro, as contas de novembro terminaram com déficit primário de R$ 909 milhões em novembro, informou nesta quinta-feira (28) o Banco Central (BC). Em outubro, havia sido registrado superávit de R$ 4,758 bilhões e, em novembro de 2016, déficit de R$ 39,141 bilhões.

O resultado primário consolidado do mês passado ficou dentro das estimativas de analistas do mercado financeiro, que iam de déficit de R$ 2,2 bilhões a superávit de R$ 3,069 bilhões. O resultado, porém, ficou bem abaixo da mediana que indicava expectativa de superávit de R$ 1 bilhão.

O resultado fiscal de novembro foi composto por um déficit de R$ 366 milhões do Governo Central (Tesouro, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (Estados e municípios) contribuíram com parcela ainda maior ao registrar déficit de R$ 787 milhões no mês, sendo que municípios amargaram déficit de R$ 915 milhões, enquanto Estados terminaram o mês com saldo primário positivo de R$ 128 milhões. As empresas estatais registraram superávit primário de R$ 245 milhões.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!