Londres sobe com mineradoras e demais bolsas da Europa têm sinal negativo – Jornal do Comércio

As principais bolsas da Europa caem na manhã desta sexta-feira (29), último pregão de 2017. A exceção é a de Londres, que sobe com influência de mineradoras e tem um pregão mais curto que as demais.

Às 8h (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 tinha baixa de 0,05%, para 389,35 pontos, refletindo o sinal negativo majoritário dos mercados do continente. Com a agenda de indicadores fraca, sendo previsto apenas a preliminar de dezembro do índice de preços ao consumidor da Alemanha, às 11h, predominam entre os poucos investidores que restam nas mesas operações técnicas.

“Esta tem sido uma semana relativamente tranquila para os mercados financeiros, com poucos dados econômicos e liquidez baixíssima”, comentaram, em nota, analistas da corretora britânica OctaFX.

Assim, a Bolsa de Frankfurt operava no horário acima com baixa de 0,24%, a de Paris recuava 0,12%, a de Madri caía 0,37% e a de Lisboa cedia 0,07%

Mas os ganhos do ano compensam o sinal negativo da sessão. O índice DAX, de Frankfurt, tem valorização acumulada no ano de quase 13%. O CAC-40, de Paris, tem ganho anual próximo de 10%. O IBEX-35, de Madri, subiu 7,5% em 2017. E o PSI-20, de Lisboa, avançou 15%.

No front político, a crise na Itália impõe cautela nos negócios da Bolsa de Milão nesta manhã. O presidente Sergio Mattarella assinou um decreto nesta quinta-feira para dissolver o Parlamento e convocou novas eleições para o ano que vem. O pleito deverá ocorrer entre 45 e 70 dias, a serem contados a partir de hoje. De acordo com legisladores e analistas, a expectativa é de que as eleições aconteçam no dia 4 de março.

A possibilidade de vitória de uma chapa eurocética tem penalizado os bancos italianos nas últimas sessões, uma vez que as instituições podem ser as mais prejudicadas com um eventual afastamento da União Europeia. No horário acima, o BPM tinha queda de 0,90% e o Banca Mediolanum cedia 0,95%.

A subida das mineradoras apoia a alta da Bolsa de Londres. No horário acima, os papéis da Rio Tinto subiam 0,71% e da BHP Billiton avançavam 0,67%. O índice de referência FTSE-100 subia 0,31%. O pregão londrino fecha mais cedo, às 10h30min.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!