BP anuncia perda de US$ 1,5 bi no 4º trimestre com reforma dos EUA – Jornal do Comércio

A BP se uniu a uma série de outras empresas cujos resultados serão afetados pela reforma tributária nos Estados Unidos. A petroleira anunciou nesta terça-feira (2) que sofrerá uma perda de cerca de US$ 1,5 bilhão em seu lucro no quarto trimestre, por causa da legislação.

A mudança, que não afeta o fluxo de caixa da companhia, ressalta o impacto abrangente das mudanças na reforma confirmadas no fim do ano passado. Ela afetará o resultado da BP no quarto trimestre, quando a expectativa era de uma forte alta nos lucros por causa da reação dos preços do petróleo.

A companhia disse que a mudança nos impostos nos EUA a ajudará futuramente, ao reduzir o imposto corporativo que ela e outras empresas pagam no país de 35% para 21%. No curto prazo, porém, isso implica uma alteração no valor de seus ativos isentos de impostos. As companhias podem mencionar esses ativos durante períodos sem lucro e usá-los como crédito para pagamentos futuros de tributos. A queda na taxa total de imposto corporativo torna esses ativos menos valiosos, no papel.

Na semana passada, a Royal Dutch Shell disse que o impacto sobre seu lucro deve ser de entre US$ 2 e US$ 2,5 bilhões no quarto trimestre. Bancos, entre eles o Barclays e o Credit Suisse, também advertiram que terão mudanças significativas no resultado do quarto trimestre graças às mudanças tributárias. A BP disse que ainda analisa o impacto como um todo da reforma tributária americana. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!