Ouro fecha no maior nível desde setembro com dólar mais fraco – Jornal do Comércio

O contrato futuro de ouro fechou em alta nesta terça-feira, 2, atingindo o maior nível desde setembro, em meio a uma contínua desvalorização do dólar.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de ouro para fevereiro avançou 0,52%, a US$ 1.316,10 por onça-troy.

Após ter tido o melhor desempenho anual desde 2010 no ano passado, o ouro ampliou os ganhos vistos nos últimos dias. Das 13 últimas sessões, os preços do metal precioso fecharam em alta em 12, estando no nível mais alto desde setembro.

A queda do dólar foi o principal fator impulsionador do ouro nesta terça-feira. Com a moeda americana mais fraca, os preços de produtos denominados em dólar, como o ouro, ficam mais baratos para investidores que operam em outras divisas.

O índice do dólar (DXY), que mede o dólar em uma cesta com outras seis moedas principais, recuou pelo sexto dia consecutivo.

Os investidores também monitoraram relatos da mídia japonesa de que a Coreia do Norte estaria preparando outro teste de míssil balístico intercontinental. Riscos geopolíticos tendem a impulsionar os preços do metal precioso, já que o ouro é visto como um ativo mais seguro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!