Companhias aéreas anunciam bônus após reforma fiscal nos EUA – Jornal do Comércio

Menos de um mês após a aprovação da reforma fiscal nos Estados Unidos, as companhias aéreas American e Southwest Airlines anunciaram que vão distribuir um bônus de US$ 1 mil para seus trabalhadores, segundo informação da “CNN Money”.

Maior empresa aérea do mundo, a American Airlines vai distribuir o bônus a cada um de seus 130 mil funcionários, o que significará um custo de US$ 130 milhões. A mudança tributária nos EUA reduziu a alíquota do imposto cobrado de empresas de 35% para 21%. A companhia não estava pagando impostos porque estava compensando perdas anteriores, mas o diretor executivo, Douglas Parker, afirmou que as novas regras tributárias vão ajudar a empresa. “Poderemos investir mais em aeronaves e instalações, e poderemos fazer mais isso com maior confiança sobre o futuro”, escreveu.

Já a Southwest informou que pagará US$ 1 mil a cada funcionário em tempo integral e parcial, mas não informou quantos trabalhadores estariam incluídos. Em um balanço da empresa, há 53.500 pessoas trabalhando em tempo integral.

Além dos bônus, a Southwest comunicou que vai doar US$ 5 milhões a instituições de caridade e comprará mais aeronaves da Boeing. “Estamos animados com a economia e o capital adicional, que queremos usar de diferentes formas”, disse o diretor executivo, Gary Kelly.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!