Bolsas asiáticas atingem máximas em anos com onda de otimismo – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta sexta-feira (5), com algumas delas atingindo os maiores níveis em muitos anos, ainda embaladas pela onda de otimismo com a perspectiva econômica que vem alimentando um rali nos mercados acionários globais nos primeiros pregões de 2018.

Ontem, as bolsas de Nova Iorque renovaram máximas históricas de fechamento e as europeias exibiram ganhos robustos.

O índice sul-coreano Kospi liderou os ganhos hoje e subiu 1,26% em Seul, a 2.497,52 pontos, impulsionado pela Samsung Electronics (+2,04%), de longe seu principal componente. O bom desempenho do Kospi veio após anúncio de que autoridades das Coreias do Norte e Sul irão se reunir, na terça-feira (09), para discutir a participação de atletas norte-coreanos na Olimpíada de Inverno – que será realizada no próximo mês em PyeongChang – e questões bilaterais.

Na China, o Xangai Composto avançou 0,18%, a 3.391,75 pontos, seu maior patamar em seis semanas, graças a ações do setor imobiliário, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto teve ganho marginal de 0,04%, a 1.941,80 pontos.

Na capital japonesa, Tóquio, o Nikkei renovou máxima em 26 anos ao fechar em alta de 0,89%, a 23.714,53 pontos, depois de saltar mais de 3% na sessão anterior.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng subiu 0,25% em Hong Kong, a 30.814,64 pontos, seu maior nível em 10 anos, enquanto o Taiex alcançou nova máxima em 28 anos em Taiwan, com valorização de 0,29%, a 10.879,80 pontos, e o filipino PSEi avançou 0,35% em Manila, a 8.770,00 pontos.

Nos últimos dias, uma série de indicadores positivos nos EUA, Europa e China reforçou expectativas de que a economia mundial continuará se recuperando de forma sólida este ano. Agradou ontem, particularmente, a criação de 250 mil empregos no setor privado dos EUA em dezembro, número que veio bem acima da projeção do mercado, de 195 mil vagas. No fim da manhã de hoje, os EUA divulgam o relatório de emprego conhecido como “payroll”, que engloba também o setor público.

Na Oceania, a bolsa australiana subiu 0,74%, com o índice S&P/ASX 200 a 6.122,30 pontos, impulsionada por ações de grandes bancos domésticos e mineradoras.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!