Medo do desemprego cai em dezembro, mas segue em nível alto, diz CNI – Jornal do Comércio

Indicador recuou 2,0 pontos em relação a setembro, e encerrou 2017 em 65,7 pontos

NATALIA KOLESNIKOVA/AFP/JC

O medo do desemprego no País ficou menor em dezembro do ano passado, de acordo com a pesquisa trimestral realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador recuou 2,0 pontos em relação a setembro, e encerrou 2017 em 65,7 pontos.

Apesar da melhora no último trimestre do ano, o medo do desemprego aumentou 0,9 ponto em 2017 na comparação com dezembro de 2016 e continua 16,9 pontos acima da média histórica do indicador. “O resultado indica a persistência da insegurança em relação à recuperação do mercado de trabalho, apesar dos sinais de recuperação da economia”, avaliou a CNI.

Já o Índice de Satisfação com a Vida caiu 0,4 ponto no último trimestre do ano passado e fechou o ano em 65,6 pontos. Na comparação com dezembro de 2016, a piora no indicador foi de 1,2 ponto. “O índice permanece entre os valores mais baixos registrados na série histórica, iniciada em 1996”, completou a entidade.

Foram entrevistadas 2.000 pessoas em 127 municípios, entre os dias 7 e 10 de dezembro.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!