Dólar tem alta limitada com mercado na expectativa por demanda – Valor

SÃO PAULO  –  O dólar terminou esta segunda-feira em leve alta frente ao real, orbitando a estabilidade depois de chegar a cair ao longo do dia. Apesar de a moeda brasileira ter perdido valor, conseguiu ficar entre os melhores desempenhos do dia nos mercados globais de câmbio, com investidores à espera de eventos que devem manter o apetite por risco por ativos domésticos.

O grande ponto de atenção do mercado agora é o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que pode impedir o petista de concorrer à eleição presidencial de 2018.

Agentes de mercado já embutem nos preços de forma substancial esse desfecho, o que explica a queda dos prêmios de risco nos negócios com dólar, juros e ações. Sem Lula, o mercado aposta na vitória de um candidato de centro-direita pró-reformas econômicas, o que poderia abrir caminho para a demandada reforma da Previdência.

“Nosso cenário base conta com a vitória de um candidato que prossiga com as reformas que vêm sendo feitas. Assim, olhando para o segundo semestre, o real se valorizará caso se evidencie o comprometimento do novo presidente com as reformas do país em 2019”, diz a XP Investimentos em nota. A casa espera dólar entre R$ 3,10 e R$ 3,40 ao longo de 2018.

Nova discussão sobre o fim da “regra de ouro” – dispositivo que impede que o governo emita dívida para financiar gastos correntes – não chegou a trazer maiores preocupações ao mercado, uma vez que os agentes não enxergam esse debate como um “passe livre” para o governo ampliar gastos. Hoje, Meirelles disse que o governo pretende “assegurar constitucionalmente” que a norma seja cumprida.

No fechamento, o dólar comercial teve alta de 0,11%, a R$ 3,2362. Na mínima, caiu a R$ 3,2241 (-0,27%), enquanto foi a R$ 3,2443 na máxima (0,36%).

No mercado futuro, o dólar para fevereiro subia 0,28%, a R$ 3,2485.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!