Verifone lança terminal de múltiplas aplicações – Jornal do Comércio

O projeto Porto Verão Alegre, que acontece até 08 de fevereiro na capital gaúcha, vai estrear uma tecnologia inédita da Verifone, uma das líderes globais em meios de pagamento eletrônico, em parceria com o Banrisul Cartões.

A novidade é um terminal – um tablet de 10 polegadas – que, além de pagamentos, vai permitir diversas outras aplicações. Nesse caso, serão cinco dispositivos colocados no Praia de Belas Shopping e DC Shopping em que os usuários poderão fazer a compra e a impressão dos ingressos para os espetáculos nas bandeiras aceitas pela Vero, como Banricompras, Mastercard, Visa e Verdecard.

“Estamos lançando esse equipamento all in one que associa todas as aplicações a um terminal de pagamento, o que trará para os varejistas uma série de oportunidades para eles aumentarem a sua rentabilização”, destaca o account manager da Verifone do Brasil, Marcos Botelho. Entre as funcionalidades pelas quais os estabelecimentos comerciais poderão optar estão a parte de frente de caixa, venda de recarga de celular e correspondente bancário.

O Banrisul é o primeiro usuário desta solução da Verifone no Brasil, mas equipamentos similares da marca estão sendo comercializados nos Estados Unidos e Israel. A parceria com desenvolvedores de software vai permitir também a tropicalização de algumas funções já usadas em outros mercados.

Uma vantagem tecnológica, segundo Botelho, é o uso do sistema operacional Android – a maior parte das soluções de mercado utilizam Windows e Linux. “A tendência é a migração para Android, pois isso traz grande facilidade de desenvolvimento de novas aplicações, além da integração com um sistema seguro da Verifone”, diz.

O custo vai depender da quantidade de aplicações que cada varejista desejar usar. “Garanto que esse produto oferece mais serviços que os tradicionais, mas com preço simular ao praticado no mercado”, afirma Botelho.

A Gemalto foi selecionada pelo Banco do Chipre, que fica no Mar Mediterrâneo, para fornecer o primeiro cartão de pagamento EMV biométrico de interface dupla do mundo, tanto para pagamentos de chip quanto sem contato.

O sistema substitui o uso de um código PIN para autenticar o cartão dos assinantes. Quando os usuários colocam suas impressões digitais no sensor, é realizada uma comparação entre as impressões digitais digitalizadas e os dados biométricos de referência armazenados de forma segura no cartão. O cartão de sensor biométrico é alimentado pelo terminal de pagamento e não requer de bateria integrada. Isso significa que não há limite de quantidade de transações realizadas.

A novidade é baseada no princípio de que os dados biométricos devem sempre permanecer nas mãos dos usuários finais. Os clientes do Banco do Chipre deverão preencher um processo de cadastramento nas sucursais do banco com o tablet da Gemalto desenhado para a solução.

O processo de personalização biométrica e a ativação do cartão são feitos para evitar a transmissão de dados biométricos através do ar, para garantir a proteção da privacidade dos dados dos usuários. O modelo de impressão digital captado durante o processo de cadastramento é armazenado apenas no cartão.

O vice-presidente executivo da Gemalto em Banco e Pagamentos, Bertrand Knopf, acredita que o uso da biometria para pagamentos sem contato é um avanço lógico, pois se enquadra naturalmente com o gesto utilizado para pagar. “Essa tecnologia permite melhorar a experiência do usuário e habilitar transações de quantias maiores, sem precisar inserir o PIN, e, por sua vez, fornece conveniência da tecnologia sem contato”, relata.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!