Bolsas asiáticas mantêm trajetória positiva do começo de ano – Jornal do Comércio

A maioria das bolsas asiáticas manteve a tendência positiva que vem exibindo desde o começo do ano nesta terça-feira (9), ainda sustentadas por perspectivas otimistas para a economia global e na esteira de novas máximas históricas de fechamento nos mercados acionários de Nova Iorque ontem.

Na China, o índice Xangai Composto teve ligeira alta de 0,13%, encerrando os negócios a 3.413,90 pontos, mas garantiu o oitavo pregão consecutivo de valorização, sequência mais longa desde março de 2015, enquanto o menos abrangente Shenzen Composto avançou 0,32%, a 1.952,18 pontos.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 0,57%, a 23.849,99 pontos, após apagar parte dos ganhos intraday de até 1% à medida que o iene se fortaleceu ante o dólar, em reação a uma decisão do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) de reduzir o tamanho de sua última operação de compra de bônus do governo japonês (JGBs).

Também ficaram no azul o Hang Seng, que avançou 0,36% em Hong Kong, a 31.011,41 pontos, em sua 11ª sessão positiva seguida, e o filipino PSEi, que mostrou expressivo ganho de 2,04% em Manila, a 8.923,72 pontos.

A principal exceção na Ásia foi o sul-coreano Kospi, que caiu 0,12% em Seul, a 2.510,23 pontos, pressionado pelo seu maior componente, a Samsung Electronics (-3,11%). A Samsung estima que teve lucro operacional recorde pelo terceiro trimestre consecutivo entre outubro e dezembro, mas o número projetado veio abaixo das expectativas.

Já em Taiwan, o Taiex ficou praticamente estável, com baixa marginal de 0,01%, a 10.914,89 pontos, mas interrompeu uma sequência de oito sessões positivas em que atingiu máximas em 28 anos.

Na Oceania, a bolsa australiana mostrou leve alta de 0,09%, a 6.135,80 pontos, mas renovou máxima em dez anos ao manter trajetória positiva pelo quinto pregão consecutivo. O índice S&P/ASX 200 foi sustentado hoje por ações de mineradoras, petrolíferas e bancos.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!