China afrouxa regras sobre investimento estrangeiro em zonas de livre comércio – Jornal do Comércio

A China decidiu afrouxar as regras sobre investimento externo nas zonas de livre comércio do país, dando a empresas maior acesso à segunda maior economia do mundo. O Conselho de Estado retirou algumas exigências para bancos estrangeiros, que deveriam operar na China por mais de um ano até se tornarem aptos a oferecer negócios em yuan, de acordo com um comunicado publicado nesta terça-feira (9).

Agora, investidores do exterior podem montar locais de entretenimento totalmente de propriedade estrangeira nas 11 zonas de livre comércio da China. Antes, era necessário fazer uma parceria com empresas domésticas. O fim da regra também se estende para postos de gasolina e empresas de transporte. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!