Brasil tem 10 aeroportos entre os mais pontuais – Jornal do Comércio

Dez aeroportos e as quatro companhias aéreas do Brasil estão na lista dos mais pontuais do mundo, de acordo com o relatório anual da consultoria britânica OAG, que avaliou 57 milhões de voos e as 250 companhias aéreas que mais voaram em 2017. A Azul ficou em 12º lugar, com 84,14% de pontualidade, entre as 20 melhores companhias do mundo. E os aeroportos de Confins (MG) e Afonso Pena (PR) são os dois mais pontuais do País.

O critério da OAG para classificar o voo como “pontual” é decolar ou pousar com atraso abaixo de 15 minutos, incluindo os voos cancelados que reduzem a pontualidade da empresa ou aeroporto. Além disso, a consultoria avaliou as 20 maiores rotas globais (domésticas e internacionais). A ponte aérea Congonhas-Santos Dumont foi considerada a 5ª rota doméstica mais movimentada do mundo.

No caso dos aeroportos, Curitiba (PR), Recife (PE) e Porto Alegre (RS) estão entre os 20 mais pontuais do mundo na categoria “pequenos aeroportos”, que considera a oferta de 2,5 milhões a 5 milhões de assentos nos voos por ano. O terminal curitibano teve a melhor classificação entre os brasileiros (14º lugar), com 84,65% de pontualidade. Recife ficou em 17º (83,61%), e Porto Alegre, em 20º (83,45%).

Já o aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG), teve a melhor nota de pontualidade entre os terminais do País avaliados pela OAG, com 84,96% de pontualidade. O resultado garantiu o 4º lugar para o terminal na categoria “aeroportos médios”. Na mesma categoria também foram classificados os aeroportos de Santos Dumont (7º) e Viracopos (12º), com 84,33% e 83,14% de pontualidade, respectivamente.

Na categoria de “grandes aeroportos”, Brasília ficou em 4º lugar, com 84,58% dos voos (chegada e partida) operados com até 15 minutos de atraso. Galeão e Congonhas compõem a lista dos 20 mais pontuais do mundo na classificação entre 10 milhões a 20 milhões de assentos nos voos por ano. Guarulhos, por sua vez, ficou em 11º lugar na categoria “mega-aeroportos” (entre 20 milhões e 30 milhões de assentos nos voos por ano), com 79,70% de pontualidade.

Entre as 20 melhores companhias aéreas do mundo, segundo a OAG, a Azul obteve o melhor resultado entre as companhias nacionais (12º lugar), com 84,14% de pontualidade. Além disso, o anuário da consultoria britânica também classificou as empresas áreas em três categorias: operadores aéreos, megacompanhias aéreas e operadoras de baixo custo. Entre as megacompanhias aéreas do mundo aparece o grupo Latam, sendo a 8ª colocada e única empresa da América do Sul, com 79,39% de pontualidade.

Na categoria “operadoras aéreas”, a Avianca ficou em 16º lugar, com 81,44%. Para ser classificada nesse segmento, a empresa aérea deve estar entre as 250 melhores do mundo em termos de assentos-quilômetros ofertados (ASKs), e deve ter operado mais de 30 mil voos programados em 2017. No segmento das empresas de baixo custo, a Azul foi a 5ª colocada, e a GOL ficou com a 8ª posição, com 81,73%. Nessa seleção, o relatório inclui, também, as 250 melhores companhias em termos de ASKs e que operaram pelo menos 30 mil voos programados em 2017.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!