Iata: demanda por transporte aéreo de passageiros sobe 8,0% em novembro – Jornal do Comércio

O tráfego aéreo mundial de passageiros (RPK) mostrou crescimento ainda mais forte em novembro do ano passado, informou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês). A alta foi de 8,0% em relação a igual mês de 2016, sucedendo a variação positiva de 7,3% verificada em outubro.

No mesmo período, a oferta de assentos (ASK) subiu 6,3%, enquanto a taxa de aproveitamento dos voos subiu 1,2 ponto porcentual, para 80,2%.

O resultado mensal aponta um cenário positivo para o setor em 2018, avalia o CEO da Iata, Alexandre de Juniac. “Esperamos que este ano seja o quarto consecutivo no qual o retorno sobre o capital investido superará o custo de capital na indústria. Em suma, começamos o novo ano confiantes”, diz, em nota.

No recorte para a América Latina, os dados da Iata mostram aumento de 5,8% do tráfego de passageiros ante novembro de 2016. Com a oferta crescendo 4,7%, a taxa de aproveitamento nos voos ficou em 82,4%, a segunda maior entre as regiões.

Com relação à demanda por voos internacionais, houve alta de 8,1% ao redor do mundo, com evolução mais destacada na região da Ásia e Pacífico. Já a oferta aumentou 6,6% ante novembro de 2016, levando a uma elevação de 1,1 ponto porcentual da taxa de ocupação, para 78,2%.

Por sua vez, o tráfego de voos domésticos subiu 7,8% em novembro do ano passado, com crescimento em todos os mercados, especialmente Índia e China. No período, a oferta subiu 5,9%, e a taxa de ocupação melhorou 1,4 ponto porcentual, para 83,6%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!