S&P mantém ratings da Petrobras e da Vale – Valor

SÃO PAULO  –  Após rebaixar a nota de crédito soberana do Brasil,  a agência de classificação de risco Standard & Poor´s  (S&P) reavaliou os ratings atribuídos a diversas empresas nacionais. As duas companhias com maior peso no Ibovespa – Petrobras e Vale – tiveram suas notas mantidas.

A agência manteve a avaliação de crédito da Petrobras em “BB-“, com perspectiva estável, igualando a nota com o rating soberano do Brasil, que foi cortado ontem de “BB” para “BB-“. A nota da companhia estava um degrau abaixo da soberana desde fevereiro do ano passado, quando o rating foi elevado de “B+” para “BB-“. Agora, a agência decidiu manter a nota da estatal, refletindo seu perfil de crédito individual (que desconsidera o controlador da companhia que, no caso, é a União), que é “BB-“.

Já quanto à Vale, a S&P mencionou o caráter internacional da mineradora, com crescimento das receitas fora do Brasil — podendo chegar a mais de 35% –, para confirmar tanto a nota de crédito em “BBB-” quanto a perspectiva positiva da avaliação. “Isso porque acreditamos que existe ao menos uma chance em três de o rating ser elevado [mesmo com a menor nota brasileira]”, explica a agência de classificação de risco, em relatório. Essa nota garante a manutenção do grau de investimento à mineradora. A S&P só não elevou ainda a nota da Vale, acrescentou, porque pretende “entender melhor” a sensibilidade de suas operações à instabilidade dos preços das matérias-primas e sua importância estratégica ao longo do tempo.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!