Controladora da C&A teria interesse em vender companhia para chineses – Jornal do Comércio

A família controladora da rede de vestuário C&A estaria considerando a venda da companhia a um investidor chinês, afirmou a revista alemã Der Spiegel. Citando fontes não identificadas, a publicação acrescenta que o negócio estaria próximo de ser concluído.

A C&A opera centenas de lojas na Europa, América Latina e Ásia. A companhia foi fundada em 1841 na Holanda pelos irmãos Clemens e August Brenninkmeijer. A família Brenninkmeijer ainda controla a C&A através da Holding Cofra, baseada na Suíça.

Em um comunicado, a Cofra afirmou que está “completamente comprometida em manter um negócio bem sucedido e com futuro para a C&A e que a companhia embarcou em um programa de transformação e crescimento”.

Sem citar diretamente a venda, o comunicado continua: “a atual transformação da C&A inclui a investigação de formas de acelerar áreas prioritárias e de alto crescimento, como China, mercados emergentes e digital, o que pode potencialmente envolver parcerias e outros tipos de investimento externo”.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!