Irã levanta restrições impostas ao Telegram – Isto É

O Irã levantou na madrugada deste domingo as restrições à rede social Telegram, impostas durante os recentes tumultos sangrentos em várias cidades do país, constataram jornalistas da AFP.

“A informação sobre o final do controle do Telegram é correta”, confirmou à AFP um relações públicas no Ministério das Telecomunicações. Este aplicativo de mensagens criptografadas voltou a ser acessível a partir da rede telefônica.

De acordo com a agência iraniana Isna, “o controle provisório do Telegram e algumas restrições aplicadas nessas duas últimas semanas (…) foram totalmente levantadas sob a ordem do Presidente da República”, Hassan Rohani.

As manifestações contra o alto custo de vida e o governo, de 28 de dezembro a 1 de janeiro, provocaram uma onda de distúrbios em dezenas de cidades. Essas altercações deixaram 21 mortos, principalmente manifestantes.

Durante esses tumultos, as autoridades cortaram o acesso ao Telegram e ao Instagram a partir de telefones celulares e acusaram grupos “contra-revolucionários” no exterior de usar essas redes para convocar manifestações.

O acesso total ao Instagram foi restabelecido em 6 de janeiro, mas o acesso ao Telegram só era possível usando uma VPN (rede privada virtual).

O Telegram, que tem mais de 25 milhões de usuários diários, é a rede social mais popular no Irã.

Desde as grandes manifestações em 2009 contra a reeleição do ex-presidente Mahmud Ahmadinejad, Facebook, Twitter e YouTube estão bloqueadas no Irã, mas podem ser acessados via VPN.

The post Irã levanta restrições impostas ao Telegram appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!