Dow Jones testa os 26 mil pontos, mas cede a realização de lucros – Jornal do Comércio

Os mercados acionários americanos dissiparam o otimismo visto no início do pregão e fecharam em baixa nesta terça-feira, 16, em um movimento de realização de lucros, com os investidores atentos à questão imigratória nos Estados Unidos e à questão política em Washington.

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,04%, aos 25.792,86 pontos; o S&P 500 recuou 0,35%, aos 2.776,42 pontos; e o Nasdaq perdeu 0,51%, aos 7.223,69 pontos.

Logo no início do pregão, o índice Dow Jones ultrapassou a marca psicologicamente importante dos 26 mil pontos pela primeira vez. O indicador se encaminhava para renovar nova máxima histórica de fechamento, mas cedeu a um movimento de realização de lucros, motivado pela questão política em Washington.

De acordo com o New York Times, o ex-estrategista-chefe da Casa Branca Steve Bannon foi convocado pelo conselheiro especial Robert Mueller, que investiga a suposta interferência da Rússia na eleição americana, a depor no grande júri. A reportagem ressalta que a intenção de Mueller não estaria no depoimento de Bannon, mas sim em uma maior colaboração dele com a justiça americana. O ex-estrategista de Donald Trump participou do processo eleitoral desde as prévias republicanas e era um dos maiores conselheiros do presidente, até ser demitido em agosto.

Washington ainda abriga as discussões em torno da política fiscal americana. O Congresso do país tem até sexta-feira para elevar o teto da dívida e para manter o governo operante. No entanto, há poucos sinais de um acordo entre o governo Trump e congressistas democratas, sendo que ao menos nove votos da oposição são necessários no Senado. A proteção a jovens imigrantes da deportação foi colocada como exigência pelos democratas para a votação, ao mesmo tempo em que Trump e alguns republicanos não desejam abrir mão da construção de um muro na fronteira com o México.

Sobre o programa de proteção, o Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) dos EUA apelou da decisão de um juiz federal de impedir que o governo Trump encerre o programa. Os imigrantes constituem cerca de 25% da força de trabalho das empresas de tecnologia e de ciência nos EUA. Com a apelação, ações de tecnologia fecharam majoritariamente em baixa em Nova Iorque: a Apple caiu 0,51%, o Twitter perdeu 2,95% e a Microsoft cedeu 1,40%.

O início da temporada de balanços do quarto trimestre também foi alvo de atenção por parte dos investidores. A UnitedHealth, controladora da Amil, avançou 1,86% após ter superado as estimativas dos analistas e elevado as orientações para os resultados posteriores. Já o Citigroup mostrou otimismo com a reforma tributária, apesar de ter registrado forte prejuízo no quarto trimestre. A ação do banco subiu 0,35% nesta terça-feira.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!