Intel e AMD enviam atualizações para reforçar a segurança – Jornal do Comércio

Intel e AMD estão correndo atrás para corrigir os problemas de segurança que afetam os processadores das gigantes globais e que, consequentemente, atingem milhões de computadores. Tudo começou quando, no início de janeiro, várias equipes de pesquisa descobriram problemas de segurança relacionados à forma como os microprocessadores modernos lidam com a execução especulativa. São ameaças que procuram contornar os controles de arquitetura do microprocessador que preservam os dados, colocando as informações dos usuários em risco.

Uma das medidas adotadas para tentar contornar esse problema foi o envio, até ontem, de atualizações para, pelo menos, 90% das CPUs da Intel introduzidas nos últimos cinco anos. As demais estarão disponíveis até o final de janeiro. O passo seguinte é concentrar os esforços na emissão de atualizações para produtos mais antigos.

A empresa se comprometeu a fornecer relatórios frequentes sobre o progresso do patch, os dados de desempenho e outras informações no site intel.com. “A segurança dos nossos clientes é uma prioridade permanente, e não uma situação isolada. Nos comprometemos a identificar publicamente vulnerabilidades importantes seguindo as regras de divulgação responsável e a trabalhar com a indústria para compartilhar inovações de hardware que irão acelerar o progresso do setor em lidar com ataques”, destacou o CEO de Intel Corporation, Brian Krzanich.

O executivo disse que, depois dos anúncios de possíveis problemas de segurança por parte do Google Project Zero na semana passada, a Intel se focou a trabalhar em estreita colaboração com os parceiros em busca de restaurar a confiança na segurança dos dados dos clientes o mais rápido possível.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!