Taxas futuras de juros têm viés de alta com dólar forte ante real e no exterior – Jornal do Comércio

A moeda norte-americana ampliou levemente a alta frente o real na manhã desta terça-feira (16) puxado pelo sinal positivo registrado no exterior ante euro, iene, libra e a maioria das divisas ligadas a commodities. Contudo, um fluxo de venda de exportador limita a correção positiva. Na renda fixa, o investidor começa o dia digerindo a desaceleração do Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), que pode trazer algum alívio aos vencimentos mais curtos na sessão, mas não deve alterar a precificação de corte de 0,25 ponto porcentual da Selic em fevereiro, segundo um operador de renda fixa.

A curva precificava na segunda à tarde 85% (de 94% sexta-feira) de chance de uma redução nessa magnitude e 15% de possibilidade de manutenção (de 6% sexta-feira), de acordo com cálculos da Quantitas Asset.

O IGP-10 avançou 0,79% em janeiro, o que representa desaceleração em relação ao aumento de 0,90% registrado em dezembro. Mais cedo foi divulgado ainda que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) subiu de 0,31% na primeira quadrissemana de janeiro para 0,47% na segunda leitura do mês.

Às 9h54min, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2019 estava a 6,905%, de 6,895% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2020 a 8,05%, na máxima, de 8,02% no ajuste anteriore.

O DI para janeiro de 2021 estava 8,91%, de 8,86% no ajuste de segunda. E o DI para janeiro de 2023 subia a 9,72%, de 9,64% no ajuste anterior.

No câmbio, o dólar à vista subia a R$ 3,2148 (+0,21%), enquanto o dólar futuro de fevereiro tinha ganho de 0,12%, aos R$ 3,2275.

Lá fora, a moeda americana estava a 110,66 ienes, ante 110,49 ienes no fim da tarde de segunda-feira. O euro caía a US$ 1,2216, ante US$ 1,2273 no fim da tarde de segunda. Já a libra recuava a US$ 1,3745, ante US$ 1,3798 no fim da tarde de segunda-feira.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!