Bolsas asiáticas fecham sem direção única, com algumas pressionadas por Nova Iorque – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira (17), com algumas delas seguindo o tom negativo dos mercados acionários dos EUA, que ontem registraram perdas, apesar de terem iniciado o pregão com um rali na volta do feriado de Martin Luther King.

Em Tóquio, o índice Nikkei caiu 0,35% hoje, a 23.868,34 pontos, após renovar máxima em 26 anos na sessão anterior, também em meio a preocupações com o Banco do Japão (BoJ), que na próxima semana irá rever sua política monetária. Embora não haja expectativa de mudanças imediatas, rumores sobre um futuro aperto na política monetária ganharam força no último dia 9, quando o BoJ decidiu reduzir o volume de uma oferta de compra de bônus do governo japonês (JGBs).

Também ficaram no vermelho o sul-coreano Kospi, que recuou 0,25% em Seul, a 2.515,43 pontos, em parte influenciado por seu maior componente, a Samsung Electronics (-0,8%), e o filipino PSEi, que registrou modesta baixa de 0,18% em Manila, a 8.848,99 pontos.

Na China, o Xangai Composto mostrou volatilidade, mas terminou o dia em alta de 0,24%, a 3.444,67 pontos, atingindo o maior nível em dois anos, graças ao bom desempenho de ações de corretoras e de telecomunicações. O menos abrangente Shenzhen Composto, por outro lado, caiu 0,30%, a 1.921,74 pontos.

Em Hong Kong, o Hang Seng renovou máxima histórica de fechamento, ao apagar perdas de mais cedo e garantir alta de 0,25% na última meia hora de negócios, a 31.983,41 pontos. Já o Taiex ultrapassou 11 mil pontos pela primeira vez desde 1990 em Taiwan, encerrando a sessão com ganho de 0,17%, a 11.004,80 pontos, com a ajuda de papéis de tecnologia.

Na Oceania, a bolsa australiana caiu ao menor nível em cinco semanas, pressionada por realização de lucros envolvendo ações das gigantes de mineração BHP Billiton e Rio Tinto. O índice S&P/ASX 200 teve queda de 0,54% em Sydney, a 6.015,80 pontos.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!