Demanda do consumidor por crédito em 2017 tem maior aumento em 6 anos, diz Serasa – Jornal do Comércio

A quantidade de pessoas que buscou crédito aumentou 4,9% em 2017, o melhor resultado dos últimos seis anos e o quarto melhor de toda série histórica, iniciada em 2008, de acordo com a Serasa Experian.

O crescimento da renda real determinada pelo recuo acentuado da inflação, a recuperação gradativa dos níveis de confiança dos consumidores e a contínua retração da taxa de juros em conjunto com o aumento da oferta de crédito explicam a alta da demanda do consumidor por crédito em 2017, especialmente para a população de baixa renda, destacam os economistas da Serasa.

No ano passado, a procura do consumidor por crédito cresceu 15,2% para quem recebe até R$ 500 por mês, 4,6% para quem ganha entre R$ 500 e R$ 1 mil mensais, e 3,2% para aqueles que recebem entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

Já entre aqueles que têm salário de R$ 2 mil a 5 mil, a demanda por crédito aumentou 3,6%, e, entre os consumidores que recebem de R$ 5 mil a R$ 10 mil, subiu 4,1%. Para quem ganha mais de R$ 10 mil, a expansão foi de 4,4%.

Por região, a demanda por crédito cresceu mais nas regiões menos desenvolvidas no País, segundo a Serasa: 8,1% no Nordeste e 6,9% no Norte. No Sudeste, a alta foi de 5% em 2017 e, no Sul, 3,4%. Já no Centro-Oeste, a procura por crédito subiu marginalmente, 0,2%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!