Maggi só admite rever taxa de etanol importado após estudos – Exame

São Paulo – O Ministério da Agricultura afirmou que o ministro Blairo Maggi só admite “hipótese” de rever a taxação de etanol importado se estudos, já encomendados, “demonstrarem tecnicamente que a medida não mais se justifica”, de acordo com nota publicado no site da pasta nesta quarta-feira.

Na véspera, durante evento em Brasília, Maggi disse que o governo avalia acabar com uma taxa de 20 por cento sobre o biocombustível importado, algo que poderia ajudar a reabrir o mercado dos Estados Unidos à carne bovina brasileira.

A fala foi criticada por representantes do setor sucroenergético nesta quarta-feira, uma vez que quando instituída a taxação tinha previsão de vigorar por 24 meses.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!