Ramalho: Temer deveria ter tirado os 12 vice-presidentes da Caixa – Valor

BRASÍLIA  –  O presidente da Câmara em exercício, Fábio Ramalho (MDB-MG), voltou a afirmar que acha difícil o governo colocar a reforma da Previdência em votação no mês que vem. Ramalho também criticou indicações políticas para cargos em bancos e afirmou que, se estivesse no lugar do presidente Michel Temer, teria afastado os 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal.

“Temer deveria ter demitido desde o início [os vice-presidentes investigados], eu começaria pelos 12 e colocaria bons técnicos em áreas técnicas, eu teria tirado os 12”, disse Ramalho. O emedebista afirmou que é favorável a mudar a política de indicação de aliados para cargos técnicos. “Órgãos técnicos, como bancos, têm que ser compostos por bons técnicos.”

Ele falou com a imprensa após solenidade do Ministério da Educação no Planalto, à qual foi convidado.

A Caixa tem 12 vice-presidentes, a maioria originária de indicações políticas. Quatro deles são investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal: Antonio Carlos Ferreira (corporativo), Deusdina dos Reis Pereira (fundos de governo e loterias), Roberto Derziê (governo) e José Henrique Marques da Cruz (negócios).

Na terça-feira (16), Temer afastou os quatro vice-presidentes da Caixa que são investigados em operações relacionadas a desvios no banco. A decisão foi anunciada após a divulgação da notícia de que o Banco Central havia sugerido o afastamento dos executivos em documento encaminhado ao Conselho de Administração do banco federal.

Previdência

Ramalho reafirmou que o governo não tem votos para votar a reforma da Previdência em fevereiro. “Vejo muita dificuldade de votar em fevereiro”, afirmou. “Não é a última chance [de votar], mas o governo tem que se preparar para uma nova agenda.”

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!