FGTS tem lucro estimado de R$ 12 bi em 2017, metade será repassada – Valor

BRASÍLIA  –  Dados preliminares mostram que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve fechar 2017 com um lucro líquido de aproximadamente R$ 12 bilhões. Até setembro, esse resultado era de algo próximo de R$ 10 bilhões.

Mesmo abaixo do lucro de R$ 14,5 bilhões apurados em 2016, técnico ouvido pelo Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor, afirmou que o desempenho é bom e está diretamente relacionado à queda da taxa básica de juros (Selic), que atualmente está em 7% ao ano. Em 2016, o desempenho do fundo foi puxado justamente pelo retorno dos títulos públicos por causa, principalmente, da taxa Selic mais alta.

Se confirmado o desempenho projetado para 2017, o FGTS vai distribuir aos seus cotistas 50% do valor, até o fim de agosto. Em 2016, o lucro do FGTS foi de R$ 14,55 bilhões, ou seja, R$ 7,28 bilhões foram depositados nas contas dos trabalhadores como forma de distribuição da lucratividade, ajudando a melhorar a rentabilidade dos recursos.

A distribuição do lucro foi determinada pela lei 13.446 de 2017 como uma forma de elevar a rentabilidade para o cotista, que até então correspondia a 3% ao ano mais a TR.

Assim, pelo segundo ano seguido a rentabilidade vai ficar acima da inflação, que foi de 2,95% ao ano em 2017, gerando ganho real ao trabalhador. Entre 2010 e 2015, a perda real de rendimento do trabalhador foi de 18,82%, segundo dados do Ministério do Planejamento.

Em 2016 a rentabilidade para o trabalhador ficou em 7,1%, gerando um ganho real de 0,81%. Em 2017 a rentabilidade deve ficar entre 5% a 6%, gerando ganho real entre 2% a 3%.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!