Metroviários de São Paulo decidem fazer greve de 24h nesta quinta – Isto É

são Paulo - Primeiro dia com a nova tarifa para a utilização do Metrô de São Paulo (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Limanr  do  TRT-SP  determina  manutenção

de efetivo de 80% do serviço em horários de

 picorovena Rosa/Arquivo/Agência Brasil

Os metroviários de São Paulo decidiram, em assembleia, entrar em greve nesta quinta-feira (18). A paralisação, que começa à meia-noite de hoje (17), deve durar 24 horas. Segundo o Sindicato dos Metroviários, a greve é um protesto contra a privatização das linhas 5-Lilás do metrô e 17-Ouro do monotrilho.

“É uma greve para denunciar um processo deturpado, viciado, que favorece determinados grupos econômicos. Nós queremos denunciar e dizer: os metroviários estão parando contra a privatização, em defesa dos direitos da categoria, contra demissões, e principalmente em defesa de um transporte público estatal de qualidade, e que atenda aos interesses da população”, disse o coordenador-geral do sindicato, Wagner Fajardo.

Em nota, a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) lamenta a decisão dos metroviários e diz que a paralisação vai prejudicar milhares de paulistanos. “O edital de licitação passou por ampla revisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, de 26/9 a 19/12/2017. Nesses 85 dias, o órgão solicitou apenas alteração em um item do edital, liberando-o, em seguida, para publicação. É importante ressaltar que todos os questionamentos foram julgados improcedentes”, ressalta a nota do Metrô.

O Metrô destaca ainda que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP) deferiu liminar determinando a manutenção do efetivo de 80% do serviço nos horários de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e de 60% nos demais períodos, sob pena de aplicação de multa ao Sindicato dos Metroviários.

The post Metroviários de São Paulo decidem fazer greve de 24h nesta quinta appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!