Petrobras confirma abertura de processo de seleção de diretor de governança – Jornal do Comércio

A Petrobras abriu processo de seleção para o posto de diretor executivo de Governança e Conformidade. O mandato de João Adalberto Elek Junior se encerra em 30 de abril.

Conforme comunicado ao mercado divulgado nesta quinta-feira, 18, a Petrobras explica que de acordo com as regras de governança, o executivo deverá ser eleito pelo conselho de administração com base em lista tríplice de profissionais brasileiros pré-selecionados por meio de consultoria independente especializada. Na quarta-feira, a Coluna do Broadcast informava que a empresa contratada foi a Korn Ferry.

Nesse cargo, são permitidas no máximo três reeleições consecutivas, desde que o diretor participe do novo processo de seleção, diz a Petrobras.

“A escolha do executivo passará por análises de integridade, de capacitação técnica e de gestão, antes de ser aprovada pelo Conselho de Administração”, conclui a nota.

No ano passado, Elek chegou a ser afastado do cargo após denúncia de conflito de interesses, mas foi reconduzido por decisão do conselho depois de a Comissão de Ética Pública da Presidência da República ter analisado o caso como improcedente.

No fim de 2015, o executivo contratou, sem licitação, pelo valor de R$ 25 milhões, a consultoria Deloitte para prestar serviços para a Petrobras. Em paralelo, porém, sua filha disputava uma vaga de trabalho na mesma empresa.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!