Janeiro tem alta de 10,6% na intenção de consumo das famílias gaúchas, aponta Fecomércio-RS – Jornal do Comércio

O primeiro mês de 2018 registrou aumento na intenção de consumo das famílias (ICF) gaúchas ante o mesmo período de 2017. Conforme os dados, divulgados nesta sexta-feira (19) pela Fecomércio-RS, a elevação foi de 10,6%, atingindo patamar de 68,6 pontos. Em comparação com dezembro de 2017, houve recuo de 3,2%.

Conforme a Fecomércio-RS, o resultado positivo na comparação interanual reflete uma base de comparação deprimida, enquanto a queda apurada na margem – verificada em todos os itens do ICF com exceção do momento para consumo de bens duráveis e perspectiva de consumo – pode estar relacionada com um ajuste de percepção quanto às possibilidades de consumo neste início de ano. 

Na avaliação do presidente da entidade, Luiz Carlos Bohn, os resultados ainda refletem a situação do mercado de trabalho. “O cenário atual de recuperação do emprego ainda não permite uma retomada mais contundente do consumo por parte das famílias em níveis apurados em anos anteriores”, afirma.

Os dados referentes ao mercado de trabalho confirmam essa realidade. O indicador que mede a segurança com relação à situação do emprego iniciou o ano em nível pessimista: aos 82,8 pontos, apresentou queda de 16,6% na comparação com janeiro de 2017. De acordo com Bohn, apesar do recuo da taxa de desemprego verificada ao longo do ano passado, tal geração de vagas tem ocorrido em posições de trabalho informais, que se caracteriza pela instabilidade no emprego e variabilidade de renda.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!