Temer assina projeto de lei para privatizar Eletrobras – Valor

BRASÍLIA  –  Assinado nesta sexta-feira pelo presidente Michel Temer, o projeto de lei que trata da privatização da Eletrobras diz que a operação só será possível mediante aprovação, pelos acionistas, da celebração de aditivos nos contratos de transmissão e de novos contratos de geração de energia elétrica.

O texto também confirma que o governo terá uma ação de classe especial, conhecida como “Golden share”, que dá poderes exclusivos para a União na administração da empresa, como a indicação de membro adicional do conselho.

O aumento de capital que resultará, na prática, na venda do controle acionário da Eletrobras poderá ser acompanhado de uma oferta secundária de ações, segundo o projeto de lei.

No novo quadro societário, nenhum acionista ou grupo de acionistas poderá ter poder de voto superior a 10% das ações.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!