UE impõe sanções contra mais norte-coreanos por testes nucleares – Exame

Bruxelas – A União Europeia impôs proibições de viagens e congelou os bens de norte-coreanos acusados de ajudar Pyongyang a contornar sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre os testes de mísseis nucleares e balísticos do país.

Ministros de Relações Exteriores da União Europeia chegaram a um acordo sobre as medidas nesta segunda-feira, em sua mais recente rodada de sanções contra a Coreia do Norte, que reduziram o comércio com Pyongyang em uma demonstração de solidariedade com os grandes parceiros comerciais Coreia do Sul e Japão.

A União Europeia, junto com os Estados Unidos, China e Rússia, assinaram as mais recentes sanções da ONU contra a Coreia do Norte, impostas no último ano depois do teste de míssil do dia 28 de novembro.

Entretanto, o bloco também está tentando aumentar a pressão contra aqueles que ainda estão mantendo relações comerciais com Pyongyang.

Muitos dos alvos das sanções foram identificados por especialistas da ONU como diplomatas norte-coreanos na África e na Ásia, usando empresas de fachada em países como Moçambique, Eritreia e Malásia para fornecer carvão, armas, equipamentos de rádio e outros recursos críticos para o regime norte-coreano.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!