Aneel aprova reajuste preliminar em contas de MT, MS, RS e SP – Exame

As propostas ainda serão debatidas em audiências públicas e passarão por uma nova votação na diretoria antes de começar a vigorar

Por Agência Brasil

access_time 23 jan 2018, 18h28

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (23) proposta preliminar de reajuste nas contas de luz de consumidores de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

As propostas ainda serão debatidas em audiências públicas e passarão por uma nova votação na diretoria antes de começar a vigorar. A previsão é que o debate seja encerrado em março, e a revisão tarifária seja cobrada a partir de abril.

Caso os valores sejam mantidos, o aumento nas contas de luz da Energisa Mato Grosso Distribuidora de Energia S.A (EMT) será de 10,64% para os consumidores residenciais. Para as indústrias, o reajuste médio aprovado é de 8,36%. A empresa atende a 1,3 milhão de unidades consumidoras em 141 municípios do estado do Mato Grosso.

Durante a reunião também foi aprovado o aumento preliminar nas tarifas da Energisa Mato Grosso do Sul (EMS). A empresa atende a 1 milhão de unidades consumidoras em 73 municípios do estado. O aumento proposto é de 8,41% na conta dos consumidores residenciais e de 11,82% para as indústrias.

No Rio Grande do Sul, a Annel aprovou a revisão preliminar das tarifas da RGE-Sul Distribuidora de Energia S.A, que atende a 1,3 milhão de unidades consumidoras localizadas em 118 municípios das regiões metropolitana e centro-oeste do estado. O reajuste previsto é de 23,28% para os consumidores residenciais e de 25,34% para os industriais.

A Aneel aprovou ainda um aumento de 15,15% para as tarifas de energia da CPFL Paulista. Para os consumidores residenciais, o aumento proposto é de 15,77%. Para os consumidores industriais, de 14,06%. A distribuidora atende a mais de 4 milhões de consumidores, em 234 municípios do interior do estado de São Paulo.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!