Dólar fecha em alta com cautela antes do julgamento do recurso de Lula – Jornal do Comércio

O dólar manteve-se no terreno positivo frente ao real durante todo o dia, batendo as máximas na reta final do pregão, na medida em que se aproxima o julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra sua condenação. O câmbio doméstico foi na contramão do exterior, já que a moeda americana voltou a exibir desempenho fraco ante divisas fortes e a maioria das emergentes nesta terça-feira (23).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) vai julgar, a partir das 8h30min desta quarta-feira (24), o recurso de Lula contra sua condenação em primeiro grau no caso que ficou conhecido como o do tríplex do Guarujá. Três desembargadores que integram a 8ª Turma do TRF-4, em Porto Alegre, serão responsáveis por analisar o processo que pode inviabilizar a candidatura do petista à Presidência da República.

“Alguns juristas e analistas políticos comentam que o julgamento de amanhã, mesmo que mantenha a condenação de Lula por unanimidade, não deve tirá-lo definitivamente da disputa eleitoral”, afirmou Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos. “Isso porque Lula deve recorrer às instâncias superiores e uma decisão sobre a candidatura pode só sair às vésperas da eleição.”

Peter Hakim, presidente emérito do Inter-American Dialogue, em Washington, disse que “somente em agosto ou setembro saberemos se o nome de Lula estará nas urnas de outubro”. “Acredito que é muito incerto avaliar ainda se ele poderá concorrer, devido à continuidade das etapas judiciais que este processo terá por vários meses”, acrescentou.

O dólar à vista fechou em alta de 0,84%, a R$ 3,2359. O volume foi de US$ 868 milhões. A moeda americana para fevereiro terminou a sessão com ganho de 1,06%, a R$ 3,2410. O giro foi de US$ 19,412 bilhões.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!